Coleta da dados - 5 melhorias para seu marketing

Publicado por em 09/11/2015 às 16h34

big data

Já ouviu falar em big data? É um conceito moderno da gestão de informações que vem ganhando destaque no mundo digital. Com a integração crescente entre vida pessoal (e profissional) e o ambiente virtual da internet, a coleta de dados atingiu patamares inimagináveis. A capacidade de armazenamento e o grande número de informações compartilhadas permite que se saiba muito sobre qualquer coisa que envolva pessoas na internet.

Trabalhar com esse crescente e detalhado acervo de dados possibilita novas formas de dominar o marketing digital e garantir o sucesso de uma empresa na internet. Quem opta por criar um site e alavancar uma carreira na internet logo percebe que o ouro está na coleta e análise de dados. Seja para entender a própria empresa, medir esforços ou conhecer melhor seu público. Conheça, então, as cinco melhor maneiras de usar a coleta de dados para turbinar seu marketing digital:

  1. dadosGestão de orçamentos – há quem diga que acompanhar o ROI (retorno sobre investimento) na internet é uma tarefa difícil. Mas, na verdade, isso acontece pois os empreendedores o fazem mais difícil ao não registrar dados sobre gastos e lucros. Analisando e acompanhando números sobre investimentos, é possível fazer ligações entre determinadas ações e seus resultados.
  2. Vantagem competitiva – para crescer, é preciso para de olhar para si mesmo e analisar o que está acontecendo ao seu redor. Dentro dos limites da lei, é claro, é muito interessante acompanhar a situação e evolução de seus concorrentes nas métricas possíveis, como buscar no Google e engajamento nas redes sociais. E, dessa forma, comparar com sua própria empresa.
  3. Comportamento do cliente – qual é a jornada do cliente dentro do seu site? Ferramentas com o Google Analytics oferecem a possibilidade de estudar o comportamento médio dos clientes dentro do seu site e, assim, descobrir qual é o caminho sendo percorrido até a conversão e se ela está, de fato, acontecendo. Assim é possível fazer as alterações necessárias no site.
  4. Conhecendo o público – o internauta diz muito sobre si na internet, especialmente nas redes sociais. Dessa forma, é possível descobrir sua idade média, gênero, assuntos de preferência, quais são os celulares mais utilizados e, até mesmo, de ondem acessam seu site. Tendo conhecimento dessas informações, é possível direcionar sua comunicação para que ela seja mais efetiva dentro do seu público específico.
  5. Geolocalização – saber onde seu público está é fundamental para fazer com que sua comunicação o atinja. Falando geográfica e virtualmente, acertando a localização atual do internauta é possível fazer promoções direcionadas e específicas para região (ou situação) em que ele se encontra. Dessa forma, sua empresa passa a estar mais próxima ao consumidor, como um amigo.

Já está coletando dados e estudando sua empresa e seus clientes? Está acompanhando efetivamente seus investimentos e o retorno? Os dados demográficos do Facebook e relatórios do Google Analytics são mecanismos gratuitos para fazer a coleta de dados. Obviamente, existem softwares e serviços pagos que podem fazer isso de forma mais aprofundada.

Para mais dicas de empreendedorismo e como criar um site de sucesso, continue seguindo o SitePX!

Tags: Aprenda como criar um site, big data, coleta de dados, como criar um site, marketing, marketing digital

voltar para Dicas para criar um site

left show tsN fwR fsN|left tsN b01e fwR bsd show|left fwR tsN show|bnull||image-wrap|news login c05|fsN fwR normalcase tsN|c05|login news fwR normalcase|tsN fwR normalcase|normalcase fwR c05|content-inner||