Divulgação

Saiba o que é storytelling

Publicado por Lidiane Guedes em 20/12/2013 às 12h46

Muitas empresas estão cada vez mais aderindo ao storytelling como uma estratégia de comunicação e propaganda. O storytelling é uma forma de divulgar produtos, marcas ou serviços contando uma história.

Esta é uma maneira de aproximação com o público com uma história envolvente que tem as mesmas características de cinema e televisão, ou seja, com começo, meio e fim.

A ideia é criar uma história que emocione o público, que cause identificação e por consequência cause impacto e interesse pela empresa que está apresentando a peça.

A criação de uma ação com storytelling tem basicamente 7 passos: ouvir, aprender, descobrir, explorar, criar, comunicar e encantar.

- Ouvir o público e procurar entendê-lo.
- Aprender tudo que for possível sobre a empresa ou produto em questão
- Descobri sua história, trajetória.
- Explorar detalhes e características da história
- Criar novas ideias e conceitos
- Comunicar a história de uma forma interessante e relevante.
- Conseguir causar encantamento e emoção.

Há diversas possibilidades de apresentar uma história, pode ser na Tv, porém o custo é muito alto, começar na Tv e terminar na internet ou apenas a internet.

O storytelling é uma excelente estratégia para despertar interesse do público e também no formato vídeo, possibilita fácil viralização e um alcance maior do público.

Categoria: Divulgação
Compartilhar

Dicas para abrir seu primeiro negócio

Publicado por Lidiane Guedes em 13/12/2013 às 17h05

Ser dono do próprio nariz é o sonho de muita gente, deixar o chefe e abrir sua própria empresa, mas antes de concretizar esse sonho é preciso planejamento e disciplina, pois abrir o seu próprio negócio é uma tarefa que será trabalhosa.

Confira as dicas para abrir seu primeiro negócio:

1 – O Conhecimento é extremamente necessário para todos, por isso busque o máximo de informação sobre a área que pretende abrir um negócio, leia livros, acompanhe palestras, faça cursos, se estiver capacitado poderá resolver problemas com mais facilidade e também conseguirá ter melhores ideias.

2 – A experiência é fundamental, uma boa saída caso não a tenha é encontrar um sócio ou mesmo uma consultoria especializada na área.

3- Faça um plano de negócios que demonstre claramente a estrutura da empresa e também com o plano financeiro bem detalhado, preferencialmente no primeiro, segundo e terceiro ano de vida da empresa.

4 – Ofereça um diferencial ao cliente, pergunte-se por que alguém escolheria sua empresa e não a concorrente. É preciso gerar valor para o cliente, convencê-lo que o que você está oferecendo vale mais a pena que os demais.

5 – Invista no que é realmente necessário, funcionários, marketing, estruturas são áreas que devem ter prioridade, pois delas depende o funcionamento da empresa e o atendimento ao cliente.

6 – Antes mesmo de iniciar com as atividades da empresa, tenha o capital suficiente para suprir as despesas gerais por um ano, pois os primeiros meses não trazem grandes entradas de dinheiro e para garantir que as despesas essenciais sejam cobertas é necessário ter essa reserva.

7 – As finanças pessoais é uma coisa, da empresa é outra, uma alternativa é estipular um salário para o dono da empresa, que será pago junto com os funcionários. E também não retire dinheiro fora das datas pré-fixadas para o pagamento, esteja sempre muito atento ao controle financeiro.

E lembre-se, com a empresa já aberta, criar um site será fundamental para torná-la conhecida.

Fonte: Revista Exame

Categoria: Conteúdo, Divulgação
Compartilhar

Use redes sociais ao criar um site

Publicado por Lidiane Guedes em 10/12/2013 às 23h38

As redes sociais são fortes aliadas para quem criar um site, é um meio para fazer divulgação de produtos, novidades da empresa e construir relacionamento com os clientes, sem contar que há milhões de usuários, o que aumenta as chances de atingir um grande público e também não há custos, ainda que existam opções pagas, com as ferramentas gratuitas já é possível fazer um bom trabalho.

Por isso, vale a pena investir nas redes sociais, principalmente, porque depois de criar um site, você vai querer torná-lo conhecido e conquistar acessos. Há muitas redes, a maior de todas é o Facebook, portanto não deve ser ignorada, mas além desta, existem várias outras, que merecem um tempinho dedicado a elas para conhecer o seu funcionamento e o quanto poderiam ser interessantes para a seu site.

Decidida as redes, é preciso saber o que deseja postar, que tipo de conteúdo será legal para o seu público. Nas redes sociais, fazer exclusivamente propaganda não funciona, ninguém gosta de ser bombardeado no seu perfil pessoal por alguém que quer vender e somente vender, diante disto, compartilhe conteúdo interessante, publicações do seu blog, um pouco de humor também não faz mal a ninguém.

Uma dica bacana para produzir conteúdo é acompanhar as novidades sobre sua área e também o que tem acontecido no momento, participar das conversas atuais é uma ótima maneira para ter assuntos interessantes para ser publicado.

Além de produzir conteúdo atualizado e interessante, convide os seguidores a participar e também responda os questionamentos, dúvidas, elogios, e o melhor, pode ser respondido de uma forma mais informal, mas não exagere, por favor.

Aproveite todo o potencial das redes sociais, acompanhe o que as pessoas estão falando, observe, é excelente uma maneira de buscar novas ideias, melhorar o que já existe e oferecer o que o cliente deseja.

Categoria: Divulgação, Redes Sociais
Compartilhar

Como fazer marketing de conteúdo

Publicado por Lidiane Guedes em 02/12/2013 às 18h57

Depois de conhecer o que é marketing de conteúdo e sua importância, é necessário saber como fazê-lo, pois uma estratégia bem elaborada vai gerar mais resultados.

Antes de começar, saiba quem é o seu público, isso será determinante para produzir conteúdo direcionado e com a linguagem correta.

As plataformas são diversas e se complementam, por isso aproveite o potencial de cada uma delas em sua estratégia.

1 – Crie um blog – escolha temas que sejam interessantes ao público que deseja atingir, mantenha-o sempre atualizado, que é muito importante para a indexação do Google, e também por ter características mais informais é uma excelente forma para manter relacionamento com o cliente. Use vídeos, imagens, infográficos nas publicações, irá despertar mais atenção e interesse.

2 – Produza vídeos – vídeos informativos, com temas interessantes, entrevistas, dicas e publique-os nos principais site de vídeos, Youtube e Vimeo, esta é uma maneira dinâmica de divulgar conteúdo, além disso, tem alto potencial de viralização, atingindo um público mais amplo.

3 – Infográficos – infográficos aliam imagens e textos curtos, é uma das maneiras mais interessantes de divulgação, pois tem um alto poder visual, fácil compreensão e assim como os vídeos são viralizados, compartilhados com facilidade.

4 – Redes sociais – as redes sociais têm uma característica interessante, pois além de produzir conteúdo exclusivos para ser divulgado nelas, é possível publicar tudo dos demais canais, os posts do blog, os vídeos, infográficos e artigos do site, e também é o melhor local para se relacionar com os clientes, por ter um formato mais simples para conversas, mensagens e comentários.

Estes canais são apenas o ponto de partida, busque outros que atendam as necessidades da sua empresa, há ainda um universo de possibilidades a ser explorado.

Categoria: Conteúdo, Divulgação, Redes Sociais
Compartilhar

A importância do marketing de conteúdo

Publicado por Lidiane Guedes em 29/11/2013 às 16h39

Atualmente antes de alguém comprar um produto ou contratar um serviço a primeira atitude é buscar informações a respeito na internet.

Nessa pesquisa um grande volume de conteúdo será oferecido, em diversos locais, blogs, sites, redes sociais etc, e nesse momento quem tiver uma estratégia de marketing de conteúdo, vai sair na frente. De um lado têm os usuários que buscam informações, do outro, é ideal que estejam as empresas para fornecer o que eles necessitam.

Se alguém buscar informações sobre um determinado modelo de geladeira, por exemplo, vai querer saber todos os detalhes sobre ela, e então o que espera encontrar é um review no blog, um vídeo demonstrativo, um site que ela possa comprar ou que informe em quais lugares está à venda.

E quem precisa oferecer todas essas informações? Com certeza a empresa fabricante da geladeira, e isso vai existir se ela tiver uma estratégia de marketing de conteúdo, isso mesmo, se tiver percebido a necessidade do cliente e entregado a ele algo além do produto.

Além de conquistá-lo para comprar o produto, com um bom trabalho de marketing de conteúdo, será possível o cliente continuar em contato com a empresa. Para manter esse relacionamento é possível se tiver um blog sobre alimentação, uma assinatura de newsletter e convidá-lo a acompanhar as suas redes sociais, entre outras atitudes.

Esse é apenas um exemplo, mas que se aplica a todas as áreas, poderia ser sobre criar sites, uma loja de roupas, um prestador de serviços, etc, o importante é manter uma estratégia para continuar próximo ao cliente e estreitar o relacionamento.

Além disso, tudo que é publicado na internet estará sempre disponível, ou seja, o resultado será constante a qualquer momento os usuários poderão ter acesso ao conteúdo, por isso, quanto mais, desde que seja relevante, melhor será e terá mais chances de atingir um número maior de pessoas.

Categoria: Conteúdo, Divulgação, Redes Sociais
Compartilhar

O que é marketing de conteúdo?

Publicado por Lidiane Guedes em 27/11/2013 às 22h47

Com a internet é possível chegar até o cliente por diversas maneiras, e uma forma que vem ganhando cada vez mais importância é o marketing de conteúdo.

O marketing de conteúdo é uma estratégia de divulgação de uma empresa ou marca baseada na produção de conteúdo de qualidade para estreitar o relacionamento com o cliente, conquistar sua confiança e respeito, e reverter em resultados para a empresa, isto é, se você oferece algo interessante e necessário ao cliente tem mais chances de conquistá-lo e fidelizá-lo, mantendo-o em contato constante com a empresa.

No meio digital trabalhar com marketing de conteúdo é relativamente fácil devido à simplicidade e diversidade de plataformas que possibilitam a disseminação e produção, pode ser em blogs, redes sociais, vídeos, newsletters e artigos no seu próprio site.

O importante ao produzir o conteúdo é que ele seja realmente interessante ao público que deseja atingir, por exemplo, se eu estou falando em criar site, não é relevante para o público oferecer dicas de moda, da mesma forma que para uma loja de roupas, informações sobre como criar um site não terão valor nenhum, por isso, ofereça exatamente aquilo que o cliente precisa, inclusive em uma linguagem destinada a ele.

O marketing de conteúdo também é importante para as estratégias de SEO (Search Engine Optimization), pois produzir conteúdo em um blog, por exemplo, você aumenta a quantidade de páginas do seu site, consegue trabalhar com mais palavras-chave e links e com isso aumentar, as possibilidades de aparecer nos mecanismos de buscas.

Categoria: Conteúdo, Divulgação, Redes Sociais
Compartilhar

Use vídeos ao criar um site

Publicado por Lidiane Guedes em 26/11/2013 às 22h31

O que é mais interessante ler a descrição de um produto /serviço ou assistir uma apresentação de como funciona realmente? Com certeza assistir a um vídeo vai chamar bem mais atenção, pois as imagens fascinam, despertam o interesse, mostram os detalhes, por isso ao criar site, use vídeos.

Além disso, os vídeos podem contribuir para que seu site apareça nas pesquisas do Google, isso mesmo, muitas vezes quando uma busca é feita, entre os resultados aparecem vídeos do Youtube, essa pode ser sua chance de apresentar seu produto ou serviço.

Entenda melhor: você cria um vídeo original, sobre o site, a empresa, um produto, um serviço ou treinamento, o que achar mais relevante, faz o upload no Youtube com um título interessante, uma descrição precisa, lembrando-se de incluir as palavras-chaves, e o melhor, coloca o link apontando para o seu site, assim quando o visitante assistir ao vídeo, poderá buscar mais informações.

Essa será mais uma importante fonte de tráfego, principalmente, porque o Youtube só perde para o Google em volume de buscas, então é forma gratuita de atrair mais visitantes.

Mas não para por ai, além de inserir o vídeo no Youtube é importante também que ele esteja no seu próprio site, porque vai ser um conteúdo mais rico e interessante aos visitantes da página.

Saiba aqui como inserir vídeo no SitePX.

Se além de criar um site, você também criar uma loja virtual, os vídeos terão mais importância ainda, porque para clientes será uma experiência mais interessante ver como é o funcionamento, as formas de usar o produto, isto deixará a loja online mais atraente.

Categoria: Conteúdo, Divulgação
Compartilhar

Criando oportunidades de venda no seu site

Publicado por Luciano Kalil em 30/10/2013 às 16h20

José abre um negócio de entrega de pizzas individuais. Ele cria tipos excepcionais de pizza e ainda oferece a possibilidade de você escolher uma que seja invenção sua. Divulga em folders distribuídos a motoristas de carros nas ruas ao redor de seu Delivery. Os folders falam de sua entrega de pizza criativa e ali citam o site: pizzacriativa.

No fim de semana em que anuncia, analisa seu site e vê que as pessoas estão acessando muito e clicam no destaque que ele abriu exatamente por conta deste anúncio. Perfeito, é isso mesmo que ele queria.

O destaque tem o título Pizza Criativa, a pizza que você inventa e o subtítulo: peça que já entregamos em sua casa. Mais um clique e abre um formulário de pedido – nome, e-mail, endereço para entrega, descrição da sua pizza, telefone para confirmação.

Mas José não pára aí. Na home do site, ele coloca outro ponto de chamada à ação: um texto sobre Pizza dos Famosos. Conta em três linhas a história da pizza e cita pizzas de famosos: Edu Guedes e sua pizza favorita – mussarela com um pouco de queijo ementhal e tomate.  E ainda Chris Flores, que adora pizza de calabresa com muita cebola e azeitona preta e Sidney Magal que gosta mesmo é de pizza de brócolis com muito alho. Usa para isso uma pesquisa que o Portal R7 fez no dia da pizza - 10 de julho, sobre o tema. E indica a fonte. No final do texto, José diz: ligue agora e peça sua pizza individual favorita.

Este é  um exemplo de como você pode divulgar um serviço, criar um site e utilizá-lo para dar impulso a esta chamada à ação e, nele, criar pelo menos dois espaços para levar o cliente a landing pages que realmente abrem a porta para que o cliente faça o pedido.

Ah! Landing pages, o que é? É uma página que você estimula o leitor a entrar. Só que muita gente esquece de trabalhar fortemente o que você deseja vender naquela página. Mas não é o caso de José. Ele criou duas landing pages e fez direitinho a lição de casa. Não tem como errar. Resultado? Nunca vendeu tanta pizza como naquele fim de semana. Agora é fazer #nova divulgação. Partiu.

Imagem: © Rick Gayle Studio/Corbis

Categoria: Conteúdo, Divulgação, Recursos
Compartilhar

Um diagnóstico de ação promocional no real e online

Publicado em 18/10/2013 às 01h05

Vou a uma loja famosa de cafés e, no caixa, ao  pagar, me dão uma promoção. A idéia é que eu avalie o atendimento da pessoa que está à minha frente, entrando em um site deles. Como prêmio, posso ganhar uma bebida. Recebo um ticket com um código para que insira ao entrar no site e onde há um espaço em branco para colocar o código da bebida que receberei no site.

Vou ao site e o que eles conseguem de mim?

- minha faixa etária, meu local de residência pois pedem o CEP e, como uma das perguntas é sobre a loja estar em meu bairro, podem também rastrear se uso uma loja no bairro ou fora dele;

- perguntam que produto eu consumi - apresentam produtos organizados em tópicos (confesso desconhecer parte deles por nunca ter tido a curiosidade de ler todas as opções do cardápio).

A ação é interessante pois faz você sair da loja e ir para a internet. Na internet, a ação exige que você a complete, para darem o código da bebida que você receberá por ter respondido a questão.

Poderiam ter feito mais? Sim, poderiam colocar fotos ou descritivos dos produtos de menor saída, “enfeitando” a pesquisa. Eu teria me interessado mais por conhecer os produtos. Poderiam criar várias outras ações. Mas foram simples.

Resultado? Conseguiram coisas simples de mim – que poderão começar a formar um banco de dados a ser completado com o tempo – e criaram uma disposição positiva para que eu responda novas questões no futuro. Além disso, me fizeram entrar no site deles. Se tivessem sido complexos, exaustivos ou chatos, eu não voltaria mais. Se o site tiver cookies, pegaram também informações básicas como meu endereço IP, preferência sobre idiomas (escolhi português), etc.

Ação promocional perfeita, simples e “inocente”. Diagnóstico: me pegou!

 

 

Categoria: Divulgação, Entrevistas
Compartilhar

Por que criar um slogan ou subtítulo para o site?

Publicado em 17/10/2013 às 01h16

Ao criar um site, quando você escolhe o seu nome – quer seja site, loja ou blog – você identifica algo fácil de lembrar e que tenha a ver com o conteúdo ou a idéia de seu negócio.

No SitePx, quando você criar um site, e escolher o seu nome, logo em seguida terá a área de subtítulo ou slogan para preencher. É ali que você reforçará esta proximidade do nome com a idéia do negócio, a sua forma de trabalhar, o nicho que você escolheu.

Uma frase do tipo “Intensamente ligado em política e economia” mostra um blog que tem paixão, que se arrisca a ter emoção. É muito mais forte do que simplesmente “economia e política”.

Às vezes, a frequência de postagem pode ser uma característica. Imagine um site sobre dois noivos. Eles podem chamar o site de”casamento de Maria e Marcos”, e como subtítulo eles pode colocar “duas vezes por semana dividindo os preparativos com você”. Imediatamente o leitor saberá que semanalmente pode ir lá no site pois haverá novidades e, com isso, criará um hábito.

Enfim, o subtítulo pode ser uma chave de freqüência do site ou blog, pode ser um sinal de emoção que impactará e atrairá o leitor e pode ser, ainda, uma forma de referir um ângulo de análise do site: “sempre uma análise detalhada de galheteiros e kits de cozinha”.

Aproveite a oportunidade do subtítulo para fisgar seu leitor.

 

Categoria: Conteúdo, Divulgação
Compartilhar

left show tsN fwR fsN|left tsN b01e fwR bsd show|left fwR tsN show|bnull||image-wrap|news login c05|fsN fwR normalcase tsN|c05|login news fwR normalcase|tsN fwR normalcase|normalcase fwR c05|content-inner||