Integrações

Como criar uma página no Facebook

Publicado em 13/09/2013 às 14h39

Criar uma página no Facebook não é difícil - acesse o site facebook.com e se logue com seu nome e senha. Daí para a frente é só ir fazendo as escolhas do que vem automaticamente à sua frente.

No entanto, existe uma questão central no uso do facebook: o uso que você vai fazer de sua página. Antes de criar a sua página no Facebook, defina claramente os seus objetivos,

Você quer falar de um negócio? Crie uma página.

Você quer falar com os amigos e familiares? Crie um perfil pessoal.

Sem esta clareza, você pode ter problema pois não se admite no facebook que uma pessoa faça propaganda de produtos e serviços em sua página pessoal.

Em uma das decisões que deverá tomar na criação de sua página, você selecionará o tipo de página que deseja criar – negócios locais, empresas em geral, marca ou produto, entretenimento e por aí vai. Feita a reflexão sobre seus objetivos, que falamos há pouco, este passo também se torna correto e fácil.

A próxima escolha é de sua imagem - tenha em conta que ela será o primeiro momento de seu encontro com um fã ou cliente e fornecedor. Escolha uma foto que impacte de forma positiva.

Finalmente defina sua url – a forma como você informará aos demais sobre o endereço de sua página. Depois que você definir, não dá para voltar atrás. Então, pense muito bem, antes.

Se você criar um site no SitePx, você tem link direto com o facebook. Sempre que criar uma página nova em seu site ou fizer um post em seu blog, clique em um botão ao lado do texto e já irá direto para o facebook, além de outras redes sociais. A ponte já está criada e você apenas salta sobre ela e vai direto para a sua página do facebook levando seu mais recente material criado.

 

Categoria: Conteúdo, Integrações, Recursos
Compartilhar

Criar um site em html5

Publicado em 05/09/2013 às 12h33

Já escrevemos em outro post sobre o que é HTML – linguagem que serve para configurar seus materiais a serem publicados na internet, de uma forma que os navegadores possam reconhecer e a internet possa se transformar em uma área de seu protagonismo como dono de um negócio virtual, de um site relativo à sua profissão, de um blog ou de um site empresarial.

A linguagem HTML foi definida como uma série, apresentando evoluções ao longo do tempo. A versão 5 da linguagem HTML foi desenvolvida depois de dez anos sem novidades. Mas ela veio já apresentando tudo que representa inovação na internet. Traz a possibilidade de leitura em dispositivos como smartphones e tablets e várias novas funções foram agregadas na versão html5 como vídeo, áudio e conteúdos gráficos e multimídia.

O SitePx a sua única preocupação é se concentrar na elaboração de textos, preparação de vídeos e outros meios de produção de seu material, e na sua divulgação. O resto ficou por conta do SitePx que é tão exigente quanto você,ou melhor – antes de você, para que você já receba pronto. 

É importante saber a hora certa de migrar de tecnologia, visando sempre que o maior número de usuários acessem suas páginas sem problema. Crie seu site tranqüilo, tranqüilo, que o SitePx estará no backstage fazendo seu material rodar do jeitinho que a internet pode melhor entender você. 

Imagem: © Tetra Images/Corbis

Categoria: Conteúdo, Integrações, Recursos
Compartilhar

O que é html

Publicado em 24/07/2013 às 20h18

A linguagem HTML é utilizada para desenvolver sites na internet. A maioria deles é feita nesta linguagem, embora existam outras. Antigamente, quando não existiam os construtores de sites, as pessoas que queriam desenvolver qualquer coisa na internet iam estudar HTML

Na internet, você encontrará boas apostilas que ensinam HTML. Hoje, ainda é interessante aprender esta linguagem porque muitas vezes você fica meio perdido em relação a algo do seu site e um conhecimento básico de HTML poderá ajudá-lo a desvendar qual é o problema.

A linguagem HTML foi criada em 1990 por um cientista chamado Tim Berners-Lee.

A plataforma do SitePx já cria um site em html e não precisa saber nada sobre a linguagem, a não ser que queira. Pois o sistema monta o código para você.

Categoria: Integrações, Tutoriais
Compartilhar

O que é hospedagem de site

Publicado em 23/07/2013 às 20h03

Antes de escrever sobre o que é hospedagem de site, é importante lembrar a diferença entre provedor e servidor. O provedor lhe dá condição de acesso à internet. Sem ele, a internet é uma casa fechada, sem porta de entrada e sem janela. Já o servidor é o que hospeda o conteúdo – aquele que está acessível lá na internet e aquele que você vai preparar para disponibilizar na internet.

Você vai precisar ter os dois. Sitepx é um provedor de hospedagem e, para isso, conta com servidores que permitem: acessar o protocolo HTTP, assegurar um serviço de DNS que lhe dá o espaço para o nome do seu site e seu respectivo IP (aquele número grande que define o seu site), oferecer o serviço de publicação e as estatísticas gráficas, que processam os logs do servidor HTTP.

Em outras palavras, mais simples: o SitePx  hospeda o seu conteúdo – aí compreendidos todos os seus textos, imagens – e responde permanentemente pelo seu domínio (aquele nome que você registrou no órgão gestor de domínios, no caso do Brasil, o registro.br). Além disso, ele lhe oferece um construtor de sites, assegurando-lhe uma plataforma profissional para criar um site, blog ou loja virtual.

Hospedagem de site, portanto, é a guarda de suas informações, imagens, vídeos e quaisquer outros conteúdos que você pode disponibilizar na web. O provedor de hospedagem é definido por três critérios:

  • - ele lhe dá um limite em megabyte ou gigabyte para transferir dados e armazená-los;
  • - permite uma carga de transferência mensal, medida também da mesma forma;
  • - assegura uma quantidade de MB de dados que pode ser armazenada no disco rígido do servidor.

 

Categoria: Integrações, Recursos
Compartilhar

O que é um blog?

Publicado em 27/06/2013 às 21h12

Um blog é um espaço de discussão de idéias ou de informação. Pode, claro, ser de poemas ou músicas, mas a essência do blog é a informação e a exposição de idéias. Um blog tem um tom conversacional. Ele nasceu assim - no início, os blogs eram registros de diários de adolescentes que estimulavam o comentário de amigos em uma troca de confidências pública.

Hoje, o blog evoluiu e não só permite a exposição de idéias como, também, é usado empresarialmente para mostrar aspectos de uma organização, de seus serviços e produtos, e de suas instalações e equipe, que não seriam apropriados em um site. O blog empresarial registra a dinâmica, o dia-a-dia, a persona da empresa.

Como fazer um blog? Comece por escolher uma plataforma adequada para este fim. Wordpress é uma das mais conhecidas e lhe permite fazer um blog gratuito ou pago. O blogger é outra plataforma bem conhecida. O SitePx é um construtor que lhe permite criar um site, fazer um blog e ainda criar um site de vendas se o seu propósito incluir as três opções. Ao criar um site no SitePx – empresarial, profissional ou pessoal – você pode, sem custo adicional, montar um blog.

Quais são os principais critérios para você fazer um blog?

A ideia do tema. Estabelecer seu tema é o aspecto principal pois definirá quem é seu público e lhe dará o caminho para o nome do blog.

O nome do blog. Se o seu blog estiver acoplado a um site, no SitePx, você poderá criar o nome que queira. Se tiver sido criado, sozinho, será fundamental registrar o nome do seu blog no registro.br, assim como você faria para o site.

O estilo de post. Seu post será divertido, sério, instigante? O estilo é o tom de seu texto e as idéias que você expõe. Ele é função de seu público e do tema. Há um estilo leve, descomprometido, típico, por exemplo, de um blog de moda. Já um blog sobre política é mais sério, embora possa ser irreverente também.

O tamanho do post. Recomenda-se que o post fique entre 500 a 1000 palavras. Pode ultrapassar? Sim, mas deveria ser por um bom motivo. É melhor escrever todo dia, dentro deste tamanho, do que escrever um post por semana com 10000 palavras. Do lado inverso é bem ruim se o post tiver menos de 200 palavras. O leitor de blog gosta de agilidade e leveza. Este post, por exemplo, tem um pouquinho menos do que 500 palavras. Bom tamanho. Você lê e não se cansa. 

Categoria: Conteúdo, Integrações, Recursos
Compartilhar

Site para criar site: o caso da Lego

Publicado em 24/06/2013 às 12h24

Um site para criar site - ou editor de sites - tem tanto know how já incorporado que criar um site é a coisa mais simples e rápida do mundo. No entanto, às vezes não nos damos conta de como usar esta ferramenta poderosa e tão simples. O caso da Lego é um bom exemplo.

O produto da Lego – os blocos para montar – é algo relativamente simples. Esta empresa luta com outras que copiam seus produtos mas encontrou uma forma de se diferenciar: criar conteúdo. Um post fabuloso de Joe Pulizzi explora muito bem o tema, mostrando os vários microsites que a Lego faz para contar histórias, como Lego Senhor dos Anéis, ou compor temas como é o caso de Legoland, sobre a parques temáticos. Trata-se de aplicação do produto em contextos muito interessantes e que atraem o consumidor de Lego. Dão-lhe idéias e propósito para o uso do produto e, com isso, criam lealdade e seus blocos e não a outros de qualquer marca.

No caso de sua empresa, considere que você pode usar os microsites como:

- um site geral para a sua empresa e um site para cada linha de produto, criando conteúdo apropriado a cada segmento.

- um microsite para quando você tiver eventos específicos – é o caso do lançamento de uma linha nova, ou a entrada de produtos importados e mesmo uma abertura de filial em área forte do mercado, criando matérias para atrair o consumidor local.

- um microsite para cada megastore que você monta ou para cada região em que está entrando com uma campanha ou estratégia comercial diferenciada.

O microsite lhe dá muitas chances de dar tratamento pontual a um tema, produto ou região de seu interesse, e não deixa de estar ligado ao seu site central. Esta decisão se fosse tomada, sem o concurso de um bom site para criar sites, levaria várias semanas para ser implementada.

O editor de sites SitePx permite a você - além de suas possibilidades básicas como criar um site, fazer um blog, criar uma loja virtual - criar ainda microsites em meia hora, com toda a força e ferramentas de um site completo. Agora, no segundo semestre, quando as vendas realmente aquecem no Brasil, reflita sobre as possibilidades desta estratégia.

Imagem: Lego Star Wars

Categoria: Conteúdo, Divulgação, Integrações
Compartilhar

Como criar um site passo a passo sem dor de cabeça

Publicado em 09/04/2013 às 14h30

Para quem se interroga sobre como criar um site, a melhor ferramenta do mercado é a do SitePX.

É na facilidade do passo a passo que a ferramenta de criar sites é pensada. Se você pretender criar um site .com.br o SitePx já é integrado ao registro.br, portanto, todo o trabalho é feito no mesmo ambiente virtual.

Para os interessados em montar um e-commerce, nossa ferramenta foi especialmente pensada para quem quer mais que criar um site, mas se questiona como criar um site de vendas de maneira fácil, rápida e com operacionalização que não necessite de programador. Nosso sistema de criação de loja virtual oferece a qualquer pessoa a possibilidade de criar um site profissional sem precisar de um técnico em informática.

A resposta à questão de como criar um blog é a mesma. Além de criar um site de vendas ou loja virtual, o usuário do SitePx tem a opção de como criar um blog já integrada.

O conceito SitePX de como criar um site envolve blog, loja virtual, listagens como foco na facilidade e na economia para o usuário final, o nosso cliente, o mais importante para nós. 

Categoria: Conteúdo, Integrações, Loja Virtual, Tutoriais
Compartilhar

SitePX agora é Amazon

Publicado por SitePX em 14/06/2012 às 17h39

Um desafio comum para Startups é o aumento de acessos da plataforma, que pode acontecer repentinamente. Servidores físicos costumam limitar esse crescimento, prejudicando o serviço e os consumidores.

Por isso, estamos orgulhosos em anunciar mais uma conquista para o benefício de nossos usuários: a finalização da migração dos servidores do SitePX para a Amazon's Web Services (AWS), líder no mercado mundial no serviço de hospedagem em nuvem. A migração aumentou a nossa capacidade para hospedar e receber novos sites.

Para que a mudança fosse concluída, diversas alterações foram feitas. A principal delas foi o uso de Load Balancing dos servidores, que faz com que não exista mais limite para usuários simultâneos em nossa plataforma.

Para o SitePX,  a alteração de um servidor comum para outro em Cloud é maior do que uma mudança estrutural. É uma mudança de ideia. Num servidor local, a aplicação tem que estar sempre atenta ao número de usuários e de recursos, em cloud, a estrutura não tem limites.

Agora, possuímos um sistema fácil e automático, com uma tecnologia inovadora e totalmente alinhada ao mercado. Tudo isso significa que, quanto mais recursos (acessos, visitas, aplicações) os clientes do SitePX precisarem, mais servidores são disponibilizados para atender essa demanda.

Este é um passo realmente importante para nós, já que apenas grandes empresas utilizam o Amazon, como: Nasdaq, Nasa, Pfizer, Itaú Cultural, Gol, Peixe Urbano, The New York Times e Ericsson.

Categoria: Conteúdo, Integrações
Compartilhar

O que é o PagSeguro?

Publicado por SitePX em 16/05/2012 às 12h10

Com o SitePx, você pode criar site, criar blog e também uma loja virtual integrada ao PagSeguro. Talvez nem todos saibam o que é essa ferramenta.

O PagSeguro é um sistema que faz o intermédio entre a pessoa que compra e a que vende. Com isso, o empresário não precisa se preocupar com a forma que os clientes pagarão as compras.

Quem criar um site com o SitePx já vai ter essa vantagem para facilitar suas vendas. O PagSeguro analisa a compra e assume o risco da venda. Mesmo que o cliente compre parcelado, você recebe tudo de uma vez.

Além de criar uma loja virtual facilmente, você também terá uma forma eficiente de pagamento com esse sistema. Veja mais informações sobre o PagSeguro: pagseguro.uol.com.br.

Categoria: Integrações, Recursos
Compartilhar

Como criar o seu RSS

Publicado por Lucia Freitas em 27/01/2012 às 10h31

A gente já falou do RSS e da sua importância aqui no blog. Depois de criar seu site com SitePx, você pode criar o RSS para qualquer endereço online, sabia? Existe um serviço, o Feedburner, que permite fazer isso de forma simples, rápida e gratuita.

Antes de mais nada, no seu painel, procure o ícone compartilhamento, é lá que você vai encontrar o link para o seu feed (no caso aqui do blog é http://criarsite.sitepx.com/r/feed/blog).

Abra outra aba (ou janela) no navegador e siga os passos abaixo:

1. Crie a sua conta no serviço aqui: http://feedburner.google.com

2. Na janela "Burn a feed" ... coloque o endereço do blog/site: (neste caso usamos o endereço aqui do blog)

3. Configure os detalhes: os mais importantes estão em Publicize. Nesta aba você pode criar um código para que as pessoas recebam atualizações por e-mail (recomendado), notificar serviços quando há novidades e criar um ícone com o número de assinantes para colocar em sua página.

4. Copie o código e coloque na janela do ícone compartilhamento, logo abaixo do link do seu blog/site.

 

Pronto.

 

Categoria: Integrações
Compartilhar

left show tsN fwR fsN|left tsN b01e fwR bsd show|left fwR tsN show|bnull||image-wrap|news login c05|fsN fwR normalcase tsN|c05|login news fwR normalcase|tsN fwR normalcase|normalcase fwR c05|content-inner||