Recursos

Como criar banner

Publicado em 09/09/2013 às 15h42

Uma pergunta muito comum na internet é sobre como criar banner. Na verdade, quando desejamos criar imagens, quaisquer que sejam, inclusive a de um banner, precisamos ir atrás de um editor de imagens como é o Photoshop, o Corel e outros.

Banners tem diversas utilidades. Na área acadêmica, ele funciona para mostrar resumos de trabalhos mais extensos e aí o melhor programa para se produzir este tipo é o power point.

O uso do criador de sites do SitePx já lhe permite criar banner direto sem ter que recorrer a nenhum programa. Não se aplica para o caso do banner acadêmico - embora se ao criar um site seu, quiser inserir o seu banner acadêmico, você poderá abrir uma página e lá resolver esta situação.

Mas banners para o seu site podem no editor de sites serem criados com toda facilidade e possibilidades de uso variado de cores e letras, inserção de imagens e, inclusive, criando movimento.

A aula 6 do curso de criar sites do SitePx lhe mostra como editar o banner quanto ao corte a ser feito e à imagem a ser utilizada. Na aula 9, do mesmo curso, você tem o domínio das imagens e tempo de transição, caso seja um banner com movimento.

Conheça mais sobre o Curso de Criar Sites

Imagem: © Martin Siepmann/Westend61/Corbis

 

Categoria: Conteúdo, Imagens, Recursos
Compartilhar

Como tirar fotos para um site

Publicado em 08/09/2013 às 14h21

Ao criar um site as fotos devem, preferencialmente, serem feitas por profissionais. Fotos são recursos que demandam conhecimento de iluminação, efeitos da velocidade, melhores ângulos, uso de filtros e tantos outros aspectos.

No entanto, nem sempre, no começo de nosso trabalho na internet, temos condições de buscar um profissional bom, que dê segurança e cobre um preço razoável para o nosso bolso.

Ao criar um site, e decidir fazer as fotos você mesmo procure tutoriais que há no youtube, com informações detalhadas sobre ângulos, iluminação e outros aspectos. Um deles é o Testando123. Bem informal, ele vai ensina como tirar fotos de objetos ou fazer iluminação de vídeos, usando materiais simples e criando os cenários em sua própria casa. Existem, ainda, bons blogs de fotógrafos dando dicas sensacionais.

A prática é que lhe dará os melhores resultados. Ao mesmo tempo, ao fazer uma foto, em cenário natural, teste várias soluções para ver a de melhor resultado. E escolha vários ângulos. As máquinas digitais criaram esta facilidade de, sem custo, poder testar vários caminhos. No criador de sites do SitePx, você pode armazenar as fotos em galerias, podendo usá-las quando precisar e já deixando seu portfólio de fotos pronto.

Se as suas fotos forem de natureza, ou cenas externas em geral, busque os conselhos de quem já faz isso há muito tempo, mesmo que seja como autodidata, como é o caso de Fábio Colombini, que criou o Guia Prático para o Fotógrafo de Natureza (Editora Photos)., citado no Viaje Aqui, da Abril. Os amigos podem ajudar muito neste processo, servindo de modelo, testando técnicas com você.

Vá aos poucos pesquisando e formando sua base de sites favoritos, quando o assunto é fotografia. O autodidatismo funciona mas é feito de experimentação e pesquisa.

Imagem: © Godfrey Phiong/Corbis

Categoria: Imagens, Recursos
Compartilhar

Criar um site legal

Publicado em 07/09/2013 às 13h49

Fazer uma coisa legal depende de cada contexto. Se é para fazer uma dança legal, isto representa que você não só conhece os passos ou a coreografia da dança como também tem tanto domínio que consegue improvisar e fazer a alegria de qualquer parceiro ou platéia.

No caso de criar um site legal, representa basicamente fazer um site que tenha leveza (ou seja, construído em linguagem correta para adequada inserção na internet) e seja gostoso de ler, fácil de acessar, além de ter um conteúdo interessante para aquele tipo de público a que o site se destina.

Vamos trabalhar sobre um exemplo, para ficar mais claro. Imagine que você vai fazer um site de dança.

Ou você é um programador e um designer de primeira (difícil tudo em uma mesma pessoa) ou você deve recorrer a um criador de sites para poder construir cada página, cada novo nível de acesso, com a melhor tecnologia possível. O SitePx lhe dá este conforto tecnológico. Nossos experts em design e programação estão o tempo todo fazendo rodar tecnologias de altíssimo nível para que o texto que você lá insere saia no ponto de leitura e visualização/audição na internet, com a melhor qualidade possível e adequado a qualquer navegador existente.

Isto funciona como no videogame tipo Cod (Call of Duty, conhece?). Nele, mesmo que você esteja em sua casa e o seu parceiro em outro local, ele vai estar ali, junto com você como num time, prontinho para te dar retaguarda ou avançar e abrir o seu caminho.

Sua parte no site legal? Só criar texto. No caso de um site de dança, colocar os passos da dança que selecionou, dar informações sobre onde se aprende e onde se pode dançar aquela dança. Enfim, a parte que tornará seu site colorido e de conteúdo interessante é toda sua.

Imagem: © Stuart Westmorland/Corbis

Categoria: Conteúdo, Entrevistas, Imagens, Recursos
Compartilhar

Criar um site lucrativo

Publicado em 05/09/2013 às 13h13

A palavra monetizar encanta muitas pessoas no Brasil e no mundo porque, em um ambiente como a internet, é possível produzir sites que lhe dêem lucratividade que, de alguma forma se transformem em dinheiro. Isto é monetizar.

Quais são os caminhos da monetização?

O primeiro e mais óbvio é abrir uma loja virtual e ali iniciar um processo de venda de produtos nacionais ou importados. O criador de sites do SitePX lhe dá a condição de criar um site e uma loja virtual com extrema facilidade. A loja já tem os sistemas para pagamento incorporados, como PagSeguro, PayPal e os cartões de bandeiras como Visa, Etc. Permite inserir fotos e descrições do produto e fazer todos os processos hoje requeridos pela legislação que exige transparência e bom atendimento no negócio virtual.

Outro caminho são os anúncios de empresas, quer como patrocinadores ou como anúncios vindo direto dos sistemas de anúncios do Google e assim por diante.

A internet está cada vez recebendo mais pessoas interessadas em monetizar o site. Você tem que ter clareza de todo o processo de venda, desde como adquirir os produtos, até como embalá-los, entregá-los no tempo prometido e esclarecer o cliente.

No caso de sites monetizados com anúncios, tem que se criar um site ou fazer um blog com tema bem claro e que interesse um grupo de empresas para tentar atraí-las para o seu site ou blog, a fim de que queiram juntar a marca que elas tem com a sua.

Imagem: © Emma Kim/cultura/Corbis

Categoria: Conteúdo, Recursos
Compartilhar

Criar um site em html5

Publicado em 05/09/2013 às 12h33

Já escrevemos em outro post sobre o que é HTML – linguagem que serve para configurar seus materiais a serem publicados na internet, de uma forma que os navegadores possam reconhecer e a internet possa se transformar em uma área de seu protagonismo como dono de um negócio virtual, de um site relativo à sua profissão, de um blog ou de um site empresarial.

A linguagem HTML foi definida como uma série, apresentando evoluções ao longo do tempo. A versão 5 da linguagem HTML foi desenvolvida depois de dez anos sem novidades. Mas ela veio já apresentando tudo que representa inovação na internet. Traz a possibilidade de leitura em dispositivos como smartphones e tablets e várias novas funções foram agregadas na versão html5 como vídeo, áudio e conteúdos gráficos e multimídia.

O SitePx a sua única preocupação é se concentrar na elaboração de textos, preparação de vídeos e outros meios de produção de seu material, e na sua divulgação. O resto ficou por conta do SitePx que é tão exigente quanto você,ou melhor – antes de você, para que você já receba pronto. 

É importante saber a hora certa de migrar de tecnologia, visando sempre que o maior número de usuários acessem suas páginas sem problema. Crie seu site tranqüilo, tranqüilo, que o SitePx estará no backstage fazendo seu material rodar do jeitinho que a internet pode melhor entender você. 

Imagem: © Tetra Images/Corbis

Categoria: Conteúdo, Integrações, Recursos
Compartilhar

Criar um site com banco de dados

Publicado em 04/09/2013 às 12h23

Ao criar um site você vai ter interesse em ter as informações de todas as pessoas que subscreveram o seu site (no mínimo, nome e e-mail). Se criar uma loja virtual, vai desejar ter todos os dados de endereço e contato com a pessoa e assim por diante. Isso se consegue incorporando ao site um banco de dados.

Em um site, o programador cria um banco de dados, para estas finalidades, utilizando ferramentas como MySQL, Access, etc. ou um programa que faça interface com estes programas, mascarando a forma para você só colocar dados, sem ter que entender muito.

Mas o que é banco de dados? A tabela é a forma mais simples de entender o que é banco de dados. Por exemplo, a tabela de nomes de pessoas que subscreveram seu site (registro) com o campo onde consta o e-mail. É uma tabela de duas colunas.

No entanto, isso pode complicar bastante se você desejar. Existe o que se chama Banco de Dados Relacional, composto de várias tabelas que você interrelaciona da forma que desejar.

Os dados de compra de sua loja virtual são armazenados em tabelas.

No SitePx, você já tem o banco de dados incorporado no criador de sites e você só vai ter que coletar os relatórios com os dados que os próprios internautas vão colocar lá, não só referentes a sua identificação como também relacionados às compras feitas.

Imagem: © ImageShop/Corbis

Categoria: Conteúdo, Recursos
Compartilhar

Criação de site

Publicado em 03/09/2013 às 09h43

Ao criar um site, é interessante observar como as pessoas criam e apagam suas criações de site várias vezes no espaço de uma semana. Por que não gostam? Seria uma super autocrítica? Não. Isto é normal pois é o processo criativo. 

O processo criativo raramente se dá como uma linha contínua e simples. Ele é muitas vezes um extremo prazer enquanto está em nosso íntimo. Depois, quando queremos trazê-lo para o mundo concreto, torna-se  dolorido, complexo. Sentimos a intuição, a inspiração e o desejo de expressão mas o site se nega a dar sua cara. Então deletamos tudo e recomeçamos.

Entendido, assim, criar um site é assim mesmo - um processo complexo no nivel pessoal, temos alguns passos que podem transformá-lo em algo mais agradável.

Lição básica que muita gente já lhe disse

Faça o trivial. Escolha o design que mais agrada, mude um ou outro aspecto dele em nosso criador de sites que lhe dá estas ferramentas e, então, crie as páginas essenciais como: Quem Somos, Contato, Produtos (ou Serviços). Isto funcionará que nem manteiga na assadeira – ficará prontinho esperando o bolo chegar.

Planeje as páginas diferenciadas que deseja criar

De novo, faça o trivial. Você pensou em estabelecer um diálogo diário com o seu cliente ou leitor? Faça um blog. O criador de sites lhe dará a chance de fazer um blog integrado ao próprio site e ali você já poderá começar a postar diariamente.

Comunique-se com o seu mercado

Ah! Só poderia ser o trivial, não é mesmo? Ao criar um site, interconecte-o com as redes sociais mais importantes como Facebook, Twitter, Google+. Nosso editor de sites já tem estas redes prontas, ao comando de um botão. Comece a enviar os materiais novos para as redes para que primeiro os amigos e, depois, os desconhecidos comecem a acessar seu site ou blog e a se relacionar com você por este instrumento.Faça isso logo. Depois, aos poucos, recebendo os comentários das pessoas, volte ao seu site e mude uma ou outra coisa que já sabe como aprimorar em função do que lhe disseram. Vai ver que as pessoas gostam de ver que você adotou sugestões que elas lhe deram.

Viu como pode ser fácil a criação de site? Basta ser simples, fazer o trivial e lidar com um bom criador de sites.

Imagem: © Colin Hawkins/cultura/Corbis

Categoria: Conteúdo, Divulgação, Recursos, Redes Sociais
Compartilhar

Criando sua imagem na internet

Publicado em 29/08/2013 às 01h00

A sua imagem na internet nasce em boa parte das fotos que você ali publica. Ao criar um site seu, como profissional liberal, ou como fonte de competências em uma área, você irá inserir textos mas, antes de que os textos falem, as suas imagens falarão.

Imagens como referência de autor

Quando você insere sua imagem no Google, criando uma referência de autor, você insere uma foto que irá sempre aparecer ao lado de seu nome. É o seu gravatar. A foto tem que ser clara – quanto mais close, melhor, porque lhe dá uma feição nítida. O sorriso é muito oportuno, mas que seja leve.

Imagens profissionais

As imagens de sua atuação em trabalho devem mostrar interações simples, onde os colegas tenham autorizado a publicação – isto deve ser um pequeno e-mail trocado com eles, ou mesmo uma autorização feita em meia página, com nome, RG, e o texto que autoriza a inserção de foto em grupo, no seu site. Além da data em que foi assinada e indicação de que é uma autorização por período indeterminado - até que a pessoa não mais queira aparecer no seu site e comunique isso formalmente. Parece tolice? A vida muda e as pessoas podem, por seus próprios motivos, não mais querer autorizar.

Em geral são fotos de reuniões de trabalho, ou conversa em ambiente de treinamento, etc. Será importante que sejam fotos em poses espontâneas e que mostrem o local de trabalho. Se incluir logomarca da empresa que esteja em um banner ou coisa semelhante, deve-se atentar para a autorização também. Uma coisa é uma foto ser incluída no facebook, outra coisa é inclusão em um site que é mais formal. Preocupe-se em pelo menos consultar, quando sentir que é o caso.

Imagens da vida pessoal

Cabe incluir fotos da vida pessoal? Sim, desde que mostrem cenas ligadas a hobbies que você queira divulgar como jogar xadrez, prática de esportes e assim por diante.  Já uma foto de academia pode não ser interessante. Em nenhum caso, você deverá colocar fotos que exponham seu corpo indevidamente.

Fotos com esposa e filhos podem ser interessantes mas devem ser espontâneas, simples e se possível mais indicativas do que muito evidentes. Pense se isso é necessário. Expor crianças em geral não é recomendado mas a decisão deverá ser sua e o bom senso deverá dar o critério para esta decisão.

Imagens de uma palestra onde você apresentou um trabalho na faculdade, ganhando algum prêmio, é uma boa referência no âmbito pessoal.

O conjunto das fotos

Ao escolher as fotos, observe, antes de salvar as páginas, se o conjunto ficou com um resultado interessante. Não basta colocar uma foto simpática, com você sorrindo, se o conjunto for de fotos sérias onde você está sempre rígido ou com cara de poucos amigos. Não se esqueça de que na área visual, costumamos tomar o conjunto como referência do singular.

Qual a idéia geral que você está passando com as fotos? Fique atento a isso. Peça a opinião de outras pessoas para ter segurança sobre o resultado final.

Imagens: © Carlos Hernandez/Stock4B/Corbis

Categoria: Divulgação, Galeria, Imagens, Recursos
Compartilhar

Criar um site com HTML

Publicado em 27/08/2013 às 12h13

HTML é a abreviação de Hyper Text Markup Language, linguagem que pode ser compreendida pelos navegadores, e que e construída a partir de palavras entre parênteses deste tipo:

Existem várias apostilas na internet sobre como construir um site com HTML. No entanto, há criadores de site, como o SitePx, que já lhe permite criar um site em HTML, sem que você tenha aprendido a linguagem. A linguagem está como um pano de fundo em cada comando que você dá. Você vai escrevendo o seu texto e a plataforma do sitePx vai já transpondo para a linguagem HTML.

Desta forma, você usa sua energia para compor o material a ser publicado e não se preocupa em ainda ter que produzir o material em html para entrar na web e ser reconhecido.

Categoria: Conteúdo, Recursos
Compartilhar

O que é www

Publicado em 26/08/2013 às 22h21

Para criar um site no SitePX você deve acessar o endereço http://www.sitepx.com

Na web, será utilizada uma URL como endereço único do site que você procurará e que iniciará com www.

URL é a abreviação de uniform resource locator que seria localizador padrão de recursos. URL é o seu endereço na Internet. Através dele que um computador pode localizar o outro onde estão os dados do site.

Há formas de nos referirmos à internet: web ou www. A expressão www quer dizer world wide web, ou seja, rede de alcance mundial.

Outra palavra que vemos sempre ao entrar em um endereço é http. Para se acessar a internet é preciso digitar http antes do endereço do site que você busca. HTTP significa hypertext transfer protocol, em português seria protocolo de transferência de hipertexto. Que é a linguagem usada entre os computadores para transferir os arquivos do site que você está navegando.

As páginas dos sites são montadas em html que significa hypertext markup language, em português: linguagem de marcação de hipertexto. Por isso o protocolo é de transferência de hipertexto, pois esse é o formato das páginas da Internet.

Ao digitar uma URL no navegador você então comunicou ao computador, que vai usar o protocolo http, que quer um recurso da internet www. Ao fazer isso, é como se estivesse dizendo ao site que deseja lê-lo, que está usando um navegador, que aceita HTML com linguagem de referência. E o site irá responder, confirmando o envio da página que você pediu, no formato solicitado.

Categoria: Recursos
Compartilhar

left show tsN fwR fsN|left tsN b01e fwR bsd show|left fwR tsN show|bnull||image-wrap|news login c05|fsN fwR normalcase tsN|c05|login news fwR normalcase|tsN fwR normalcase|normalcase fwR c05|content-inner||